AGENDA DA SEMANA DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL:

AGENDA DA SEMANA DO BLOG RESPIRANDO CARNAVAL:
DOMINGO - 06/08/2017
12HS - ALMOÇO VERMELHO E BRANCO DA E. S. SAMBA NO PÉ - LOCAL: RUA GENERAL OSÓRIO Nº 07 NA ESQUINA DA AVENIDA NOSSA SENHORA DA GRAÇA


OBS: ENTRE CONTATO CLICA AQUI E BASTA PREENCHER OS DADOS E PASSA A AGENDA AS INFORMAÇÕES DA SUAS ESCOLAS DE SAMBAS PRA NÓS POSTAR.

VEJA ABAIXO JÁ FOI DEFINIDO Á ORDEM DOS DESFILES DAS OUTRAS CIDADES:

RIO DE JANEIRO

SÃO PAULO

PORTO ALEGRE

URUGUAIANA

CONFIRA AS DEMAIS CIDADES:

O BLOG ESTAR SEMPRE ATUALIZADO EM HORA EM HORA COM MUITAS INFORMAÇÕES. APERTAR O SEU TECLADO F5.

sábado, 22 de julho de 2017

Representantes dos órgãos públicos apontam caminhos nas leis de incentivo para escolas de samba

Em um momento em que só se fala em crise, nada mais propício do que apontar possibilidades para driblar as dificuldades em busca de orçamento para o Carnaval 2018. Este foi o objetivo do Painel Profissional: Leis de Incentivo, realizado na feira Carnavália-Sambacon. Gustavo Mostof, ex-diretor de operações da Riotur e agora na Liesa, foi o mediador do painel e ressaltou a oportunidade do público poder entender melhor como funcionam as leis de incentivo fiscais. Representantes dos governos municipal, estadual e federal e um advogado especialista falaram sobre os caminhos para conseguir patrocínio para projetos. Participaram da mesa o coordenador do Pronac da Funarte, que faz parte do Ministério da Cultura, Ronaldo Gomes, Thalita Mendes, coordenadora de Certificação da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Estadual de Cultura, Eduardo Nascimento, representante da Secretaria Municipal de Cultura do Rio, e Fabio Cesnik, advogado especialista em negócios de Tecnologia, Mídia, Entretenimento e Investimentos do Terceiro Setor.

Lei Rouanet
O coordenador do Pronac da Funarte, órgão ligado ao Ministério da Cultura explicou como funciona a Lei Rouanet, e lamentou que a falta de interesse dos empresários brasileiros em incentivar a cultura. Após o projeto ser entregue, ele é avaliado pelo órgão, caso esteja dentro das normas estabelecidas pela lei é liberado para que o responsável capte junto aos empresários 10% do orçamento necessário para que o evento seja elaborado. Porém, só ao alcançar os 20% é que a verba é liberada. Caso não alcance esse percentual, o valor arrecadado é retido pelo órgão e vai para o Fundo de Cultura. Ele revelou que 80% dos projetos aprovados não conseguem captar o mínimo possível para que o autor do projeto consiga o orçamento.

lei_incentivo1– Cerca de 80% dos projetos acolhidos pelo ministério não captam um centavo. Dos 20% que conseguem captar os 10%, não chegam a fechar os 20% necessários para que a verba seja liberada – lamentou.

Após apresentar os dados, Ronaldo deu dicas para quem deseja recorrer ao incentivo da Lei Rouanet.
– Aconselho a vocês a deixarem os contatos comigo, assim ao perceber que está faltando algo a gente já entra em contato para que o processo não seja indeferido por um detalhe bobo que não tenha sido descrito na hora de cadastrar o projeto no sistema. Além disso, é importante quando for conversar com um empresário que convide para a conversa o contador da empresa. Não adianta bater na porta do empresário sozinho. O contador vai poder endossar o que você está falando – aconselhou.

ICMS
Thalita Mendes, coordenadora de Certificação da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Estadual de Cultura, também explicou como enviar projetos para aprovação e deu dicas.

– Ao enviar o projeto é importante não deixar nenhum detalhe de fora, é preciso explicar o evento, quanto tempo vai durar, quanto custa… Ele passa por uma avaliação de mérito conforme chamamos e se aprovado o proponente recebe uma carta de intenção dizendo que ele está apto a capitar recursos. Geralmente a avaliação dura em torno de 40 dias, antes demorava mais, mas a partir de 2011 ganhou celeridade. De 2011 até 2016 foram liberados R$ 54 milhões para cerca de 40 projetos – contou a coordenadora.

lei_incentivo2Falando especificamente de carnaval, ela contou que é possível custear desfiles de escolas de samba além de eventos feitos ao longo do ano nas quadras.

– Já fizemos desfiles da Mangueira, Vila Isabel, Portela, projetos sociais da Beija-Flor… A dica que eu dou é, não tenham medo de se aproximar de nós. As pessoas tendem a achar que por sermos ligados ao governo estadual não vamos recebê-los, que vamos brecar o evento, que somos fiscais… Mas não é nada disso, ao contrário, somos atendimentos e estamos aptos a conversar, dar dicas de como adequar melhor o projeto… – frisou Thalita.

ISS
Eduardo Nascimento, representante da Secretaria Municipal de Cultura, explicou que a secretaria cria ambientes como uma “agência de casamento” onde coloca a empresa em contato com quem está buscando patrocínio.

– O nosso ponto positivo é que não temos análise de mérito, logo não tem discriminação, apoiamos projetos desde o funk ao balé clássico, que para nós têm o mesmo valor. Qualquer empresa que pague ISS está apta a participar, ela pode destinar até 20% do valor que gastaria com o imposto para patrocinar projetos culturais. Ela não vai pagar nada além, esse valor já está dentro do que a empresa está destinada a pagar- frisou Eduardo.

Nascimento pontuou ainda para a plateia ficar atenta porque qualquer empresa do Rio que pague ISS pode ser um possível patrocinador, ele informou também que para o exercício 2017/2018 serão disponibilizados R$ 55 milhões.

O advogado Fabio Cesnik lembrou que há diversas formas de se conseguir patrocínio, além da Lei Rouanet, ICMS e ISS há também o Fundo da Criança e do Adolescentes, para projetos que sejam voltados para esta faixa etária, o Fundo do Idoso e a Lei do Esporte.

– Se uma escola tem um projeto de mestre-sala e porta-bandeira mirim, por exemplo, pode procurar este fundo, ou o do idoso caso tenha algo voltado para a velha guarda. Eles falaram sobre as leis de incentivos fiscais que são fomento indireto, ou seja, o projeto é enviado, caso aprovado terá que encontrar uma empresa que queira patrocinar. Temos o Fundo de Cultura, que é um fomento direto, mas aqui há muita dificuldade de arrecadar dinheiro – contou Cesnik que deu uma informação sobre o fundo que deixou muita gente espantada.

– Vocês sabiam que 3% da verba arrecadada pela Loteria vai para o fundo de Cultura? Se olharem atrás do talão de apostas vão ver que está escrito ali. O problema é que a verba desse fundo pode ser usada para outros fins e esse recurso é constantemente surrupiado pelo governo para ser alocado em outras áreas. Chega a ser R$ 500 milhões tirados por ano da cultura – frisou.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

quarta-feira, 19 de julho de 2017

E. S. SAMBA NO PÉ 2018 ALMOÇO VERMELHO E BRANCO

A E. S. SAMBA NO PÉ VAI REALIZAR O ALMOÇO VERMELHO E BRANCO EVENTO EM PROL DA TOÇA DA ONÇA, NO DOMINGO DIA 06 DE AGOSTO RETIRADA NO LOCAL NA RUA GENERAL OSÓRIO Nº 07 NA ESQUINA DA AVENIDA NOSSA SENHORA DA GRAÇA PÓS MEIO-DIA, COM O CARDÁPIO GALETO, ARROZ E SALADA, OS INGRESSOS CUSTA R$ 15,00 REAIS NA FARMÁCIA CURARE E COM A DIRETORIA DA ESCOLA. O BLOG RESPIRANDO CARNAVAL VAI ACOMPANHA O EVENTO QUE A ESCOLA. CONFIRA O CARTAZ.
https://4.bp.blogspot.com/-tENiQgT8ABM/WXLvP4SDA9I/AAAAAAAAEPY/tAt6_r7DyX07EIInsAtK00GflaIyHH5IwCLcBGAs/s1600/E.%2BS.%2BSAMBA%2BNO%2BP%25C3%2589%2B2018%2BALMO%25C3%2587O%2BVERMELHO%2BE%2BBRANCO.jpg
 
Continue Lendo...

Imperatriz Celebra Retorno para Segunda de Carnaval

Por Daniela Lima e Eduardo Fonseca

sorteio_especial2018_47A sorte sorriu para a Imperatriz Leopoldinense na ordem de desfiles para o Carnaval 2018. Uma das escolas que mais desfilou na segunda noite de desfiles, a verde e branca festeja o retorno para o dia mais nobre do espetáculo. Em entrevista ao Site CARNAVALESCO, o diretor de carnaval Wagner Araujo comemorou o resultado do sorteio.

– Estou muito feliz. Primeiramente com o lado, que hoje é o lado muito mais seguro para se concentrar, a hora. Além disso dá também pra você ver o que acontece no domingo, caminho de alegoria, dispersão… Para as pessoas que desfilam isso pode parecer inútil, mas é muito importante, você corrige algum problema que tenha no trajeto, se prepara para algum problema que tenha acontecido na dispersão… A ideia que tenho é que o sonho da maioria das escolas de samba é desfilar sendo terceira ou quinta de segunda, considero as melhores posições para desfile – explicou Wagner Araújo.

Cahê Rodrigues, carnavalesco da Imperatriz, trouxe sorte mais uma vez para a verde e branca, uma vez que desfilou nesta mesma posição em 2013 e 2016.

– Eu queria muito a terceira ou a quinta de segunda. Foi um presente de Deus. A quinta de segunda era o que estávamos esperando. Iremos preparar um grande carnaval. Estou indo para o sexto ano na Imperatriz. O enredo deixou a comunidade feliz. Mexe com o brio de Ramos. É um tema que tem uma pegada histórica – garantiu o artista.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

terça-feira, 18 de julho de 2017

Chiquinho da Mangueira não vê diferença entre desfilar no domingo ou segunda de carnaval

https://i2.wp.com/www.carnavalesco.com.br/wp-content/uploads/2017/07/sorteio_especial2018_33.jpg
O presidente Francisco de Carvalho, o Chiquinho da Mangueira, não está preocupado com o fato de a escola voltar a desfilar no domingo de carnaval, depois de dois anos encerrando os desfiles. Mesmo conquistando o título de 2016 fechando a folia, Chiquinho não vê diferença entre os dois dias.

– Achei ótimo. A Mangueira vai praticamente fechar o carnaval de domingo e eu não vejo nenhuma diferença de domingo pra segunda. Eu não me ligo muito nisso. Estou satisfeito. Tem que ir pra briga, não temos? Vamos pra briga – afirmou o presidente Chiquinho da Mangueira, que se disse bastante calmo com a ordem e dia de desfile da Verde e Rosa, em entrevista concedida ao Site CARNAVALESCO.

O presidente mangueirense se diz tranquilo e ressalta que o júri não pode ter preconceito com uma escola apenas por ela não desfilar na segunda noite de apresentações.

– Já estava tranquilo antes do sorteio e continuo muito tranquilo. Os jurados vão ver as mesmas escolas. Não tenho esse preconceito, não tenho mesmo. Só queria ser uma das últimas – explicou o dirigente.

Leandro Vieira não diz se gostou ou não da colocação do sorteio e afirma apenas que a Mangueira vai brincar o carnaval.

– A posição é maravilhosa de desfile. A Mangueira está preparada pra brincar com dinheiro ou sem dinheiro – brincou Leandro Vieira.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

Após o sorteio, presidente do Salgueiro diz: ‘Estou realizada’

Por Philipe Rabelo e Daniela Lima Safadi

https://i0.wp.com/www.carnavalesco.com.br/wp-content/uploads/2017/07/sorteio_especial2018_29.jpgO clima entre os salgueirenses era de pura felicidade após o sorteio da ordem dos desfiles do Grupo Especial para o Carnaval 2018. A escola será a quarta a desfilar na segunda-feira. Em entrevista ao Site CARNAVALESCO, a presidente Regina Celi disse como estava se sentindo no momento com o sorteio.

– Realizada. Falta só desfilar – disse Regina, que afirmou estar satisfeita com a segunda-feira, mesmo em qualquer posição de desfile.

– Estou muito feliz. Muito mesmo. Queria muito desfilar na segunda-feira independentemente de posição, mas fiquei muito satisfeita em ser a quarta a desfilar.

Em 2018, o Salgueiro terá o enredo “Senhoras do Ventre do Mundo”, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

CONFIRMADO!!! INÍCIO DA VENDA DOS INGRESSOS PARA CARNAVAL 2018 DE URUGUAIANA

A ASESGRU (Associação das Escolas de Samba do 1º Grupo de Uruguaiana) e a Bah Entretenimento (produtora responsável pela comercialização do carnaval) divulgaram a data oficial de início da venda dos ingressos para 2018. Dia 04 de Agosto (Sexta-feira), a partir das 09 horas da manhã, na Loja do Carnaval, no saguão da Estação Rodoviária será a abertura das vendas. Detalhe importante é que os ingressos, nos três primeiros dias (incluindo 05 e 06 de Agosto) será feito exclusivamente para moradores de Uruguaiana, de forma física (presencial).
 
Estarão disponíveis para compra: Camarotes, Frisas e Arquibancadas, além dos espaços Gold, onde haverá shows durante as noites de desfile. A passarela do samba terá acomodações para 18 mil pessoas.
 
Confira como será:
- Dias 04, 05 e 06 DE AGOSTO, venda EXCLUSIVA PARA MORADORES DE URUGUAIANA, direto na Loja do Carnaval, situada no saguão Estação Rodoviária da Uruguaiana
 
- Parcelamento disponível em até 07 VEZES no Boleto ou Carnê do Carnaval com pagamento da 1ª PARCELA, até o dia 07 DE AGOSTO

- Abertura das vendas via internet através do site www.carnavaldeuruguaiana.com.br e www.bahentretenimento.com.br a partir de 00h01min do dia 07 DE AGOSTO

- Vendas On-Line, somente a partir do dia 07 DE AGOSTO com parcelamento em até 12 VEZES nos cartões de crédito.
 
Detalhes importantes para os adquirentes dos ingressos:
 
- NÃO SERÁ PERMITIDA ENTRADA DE NENHUMA BEBIDA E COMIDA
 
- Será permitida entrada de isopores e caixas térmicas, SOMENTE VAZIAS, pois haverá bebidas à venda com preços populares (exemplo: latão de cerveja R$ 5 - e no caso de fardos, haverá desconto), bem como refrigerantes, águas, whisky, energéticos, vodkas, gelos etc etc etc, e também lanches e petiscos em geral nos bares da avenida
 
- TODOS os bares da avenida ACEITARÃO CARTÃO DE CRÉDITO
 
No dia 1º de Agosto será realizado o Lançamento Oficial do Carnaval 2018, apenas para convidados e imprensa, onde será assinado o contrato entre Prefeitura Municipal, Bah Entretenimento e ASESGRU. Em uma data posterior, haverá uma festa de lançamento, aberta ao público.
 
FONTE: SAMBASUL
Continue Lendo...

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Luiz Gustavo Mostof Chega na Liesa para Trabalhar na Operação Antes, Surante e Pós-Carnaval

A Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) conta a partir de agora com um Executivo de Operações para reforçar sua equipe de trabalho. Luiz Gustavo Mostof, ex-Diretor de Operações da Riotur, foi contratado pela Liga para trabalhar desde o planejamento, passando pela execução e o pós-carnaval. Em entrevista ao Site CARNAVALESCO, o presidente Jorge Castanheira revelou a chegada de Mostof, enalteceu o trabalho dele e os ganhos para escolas de samba do Grupo Especial, Série A e Mirins com a contratação do profissional.

mostof_castanheira– O Luiz Gustavo Mostof é um parceiro, amigo, grande batalhador do carnaval, que a gente foi conhecendo ao longo dos anos. Já fizemos vários trabalhos juntos, inclusive, na organização dos jurados do Acesso. Fomos criando uma relação. Vem como reforço muito grande para equipe. Só contribui para Liesa, Série A e escolas mirins que desfilam no Sambódromo. Ele tem excelente relação com todas escolas e sempre está presente em todas finais de samba – frisou o dirigente.

Castanheira explicou como será a atuação de Mostof como Executivo de Operações da Liesa.

– Ele vai ter condições de fazer um grande setor de operações na Liesa. E no dia a dia comigo na troca de ideias. É um grande braço do nosso lado. É um profissional que nos ajudará muito. É uma pessoa reconhecidamente de talento, respeito e credibilidade. Todo mundo já se relaciona com o Gustavo. Ele sempre como Riotur tentou resolver de todas escolas e grupos tudo de forma coerente e sadia. O histórico permite que ele nos ajude em vários setores da operação do carnaval, desde o planejamento, na preparação, execução e no pós-carnaval. Na montagem da Avenida ele também é fundamental por conhecer toda estrutura do Sambódromo. Isso tudo nos facilita. E será também um ganho para Riotur que complementa essa parceria junto com o setor público – revela Jorge Castanheira.

Com um histórico de grandes trabalhos na Riotur, Mostof é a certeza de um conjunto de operações profissionais e sua chegada na Liesa possibilita uma maior sinergia com todos os grupos das escolas. Ele conta ao Site CARNAVALESCO o tamanho da missão na Liga.

– É um desafio gostoso. Chego com o objetivo de somar. A vivência operacional ajuda bastante. Fico muito feliz em chegar em uma casa organizada. O dia a dia do Sambódromo e atividades carnavalescas já fazem parte da minha vida e do presidente Jorge Castanheira. O presidente é uma pessoa que tenho admiração muito grande. Independente de qualquer tipo de cargo, corre samba na minha veia, sou sambista. E o meu objetivo é cada vez mais dar suporte para todas escolas e alavancar a imagem do carnaval seja nacional ou para o mundo e também a imagem da cidade do Rio de Janeiro, através do carnaval – afirmou Luiz Gustavo Mostof. (Foto Henrique Matos)

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

Escolas do Grupo Especial assinam contrato e prefeitura diz que reformas no Sambódromo vão começar

o-prefeito-marcelo-crivella-assina-o-acordo-que-garante-o-repasse-as-escolas-de-sambaO prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, assinou na manhã desta segunda-feira o acordo que garante o repasse de verbas às escolas de samba do Grupo Especial para o desfile do próximo carnaval. Em reunião com o presidente da Liga Independentes das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Castanheira, e com os presidentes das agremiações, na sede da Prefeitura, ficou acertado que a subvenção de R$ 1 milhão para cada uma será paga em cinco parcelas até novembro, num total de R$ 13 milhões.

O encontro ocorreu em um clima bastante descontraído. Crivella lembrou que, quando sugeriu a criação do bloco “É conversando que a gente se entende”, sabia que tudo acabaria bem. O prefeito deixou claro que, apesar da crise financeira, há um grande esforço para se conseguir mais verbas em patrocínio da iniciativa privada.

– Finalmente, hoje assinamos com a Liga para repassar os recursos às escolas. Isso vai garantir que o carnaval seja celebrado da mesma maneira que tem sido nos outros anos. Quero tranquilizar o povo do Rio de Janeiro, dizendo que, dentro das possibilidades, o carnaval está mantido. E vamos em frente! – disse Crivella.

O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, deixou a reunião bastante satisfeito. Ele agradeceu a costura das negociações feita pelo prefeito e disse que as escolas de samba farão um espetáculo à altura do investimento feito pela Prefeitura.

reuniao_liga_crivella– Vamos fazer um dos maiores carnavais junto com a Riotur. A gente tem que agradecer a sensibilidade da Prefeitura, reiterar que o diálogo prevaleceu, a Prefeitura entendeu a dificuldade das agremiações e está fazendo um grande esforço de conseguir verbas, não só por meio do setor público, mas também através da iniciativa privada. É um novo modelo, mas a gente está acreditando na proposta de trabalho da Riotur para apoiar o prefeito num momento de crise por que passam todas as prefeituras, e o Rio de Janeiro não é exceção – afirmou o presidente da Liesa.

Crivella anunciou que a reforma das arquibancadas e dos banheiros da Sapucaí deve começar em breve. Também serão instalados 700 novos refletores com lâmpadas de led. Só com essas obras, a Prefeitura vai gastar R$ 1,1 milhão.

Sobre a verba extra a ser captada junto à iniciativa privada, o presidente da Riotur, Marcelo Alves, explicou que aguarda as propostas das empresas interessadas até o dia 15 de agosto. A intenção da Prefeitura é distribuir mais R$ 500 mil a cada uma das 13 escolas de samba.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

Presidente da Liesa Revela Fim da Cabine Dupla e Diz que Regulamento Sofrerá Ajustes em Prazos e Recursos

O presidente da Liesa Jorge Castanheira concedeu entrevista para o Site CARNAVALESCO em que fez um grande balanço do Carnaval 2017, projetando mudanças para o próximo ano. A conversa se deu após o encerramento da quarta edição da feira Carnavália-Sambacon e da realização do sorteio da ordem de desfiles para o Carnaval 2018. Castanheira disse, dentre outras coisas, que não deve repetir a experiência com a cabine dupla e que o regulamento deve ser mais específico com relação aos prazos de entrega para as informações dos desfiles no livro abre-alas, além dos recursos após o resultado, afim de evitar o imbróglio que definiu pela divisão do título de 2017.

Qual a análise da Liesa sobre a cabine dupla?

sorteio_especial2018_16“Não vamos repetir. Voltaremos às cabines nos setores 3, 6 e 8 e 10, como era antes. Aquele formato experimental para ter menos paradas não deu certo, pois desprestigiou os setores 8 e 9”.

Qual será o tempo máximo e mínimo de desfile?

“Mesmo com as paradas reduzidas com a abolição das cabines duplas vamos manter o tempo máximo em 75 minutos”.

Muita gente fala que dentro da plenária o clima não é mais amistoso entre os dirigentes. Que tem o grupo do Capitão e o grupo do Anísio. O que de fato existe?

“O clima não tem nada de tenso dentro da Liga. Trouxemos o sorteio para a Carnavália, quem pode acompanhar viu que há uma relação muito amistosa entre as escolas. Não visualizo isso de grupos não. O ambiente é ótimo. Eu não era a favor do não rebaixamento, pois desestabiliza o formato. Dentro de tudo que aconteceu acredito que vai causar um fortalecimento do carnaval do ano que vem. Anísio é uma pessoa expansiva e apaixonada, o Capitão é mais ponderado. Seu Luis fica no meio termo disso. Ouço todos os presidentes sempre”.

O regulamento e o manual do julgador de 2018 vão passar por profundas transformações ou a crise econômica acabou deixando isso em segundo plano?

carnavalia2017_dia2_07“Vamos ter que estabelecer um prazo limite para o material para o livro abre-alas e com relação aos recursos que as escolas podem impetrar se não concordarem com o resultado e justificativas”.

Escolas vão saber quando número máximo e mínimo de alegorias?

“Mesma coisa do regulamento deste ano. Mínimo de cinco e máximo de seis alegorias com um acoplamento”.

Já foi cortado o número de desfilantes em 2017 acha que é realmente necessário cortar mais para 2018?

“Não deve haver nada significativo, pois realmente já houve um corte para 2017. Cada escola sabe o melhor para o seu desfile. Tudo está sendo avaliado por cada agremiação”.

A Lei Rouanet está aprovada para os ensaios técnicos? Com empresas interessadas em utilizar a lei os ensaios técnicos acontecem?

“Se Deus quiser. Precisamos de R$ 4 milhões que estão em análise pela lei. Se forem captados e conseguirmos receber, temos até novembro para decidir isso. Dependerá muito do mercado. O PIB não cresceu e teve queda de 0,5% e isso impacta nos negócios. As empresas que nos ajudarem irão expor no Sambódromo. Sem esses recursos pelo caixa da Liga não temos como realizar os ensaios técnicos”.

É possível pensar em um plano de marketing para o Grupo Especial que saia de dentro da Liesa para os próximos anos?

carnavalia2017_dia1_16“Pode até ser, mas na medida que as empresas estão demitindo, o mercado publicitário está defasado, os grandes jornais e rádios em crise. Não vejo plano de marketing como solução. Já tivemos 15 empresas ajudando o carnaval sem plano em uma época áurea. É uma questão de reaquecimento de mercado. Isso não se resolve do dia para a noite”.

Roberto Medina tem interesse no carnaval?
“Eu já estive com ele em algumas ocasiões e já me coloquei à disposição. Acho que todos que puderem vir para somar conosco são muito bem-vindos. Não sei como seria o modelo”.

A Riotur já garante 8 telões e mais o novo sistema de iluminação. O que isso vai mudar para as escolas em termos de competição dos desfiles? E o som?

“Isso não muda em termos de desfiles, é um incremento para o público. Mas eu penso que primeiro precisamos fazer um arroz com feijão bem temperado e gostoso antes de buscar outras coisas. O som já resolvido nem é citado mais pela prefeitura”.

Qual o seu balanço da feira Carnavália-Sambacon?

“Feliz e ao mesmo tempo sentimos muita falta do nosso parceiro que é o Elmo. Ele está se recuperando de uma cirurgia e não pode comparecer. O que nos deixou um pouco mais seguros foi que nesse caso do sorteio a equipe da AMI7 nos ajudou bastante. Acho que as escolas precisam estar presentes com stands e a Lierj não ter colocado seu espaço também acabou esvaziando a presença de representantes das escolas da Série A. Esperamos que no próximo ano participem”.

Sobre segurança dos carros alegóricos o que já foi feito para 2018?

carnavalia2017_dia1_14
“Estamos trabalhando junto com o Inmetro e outras organizações tentando melhorar esse trabalho de normas e procedimentos dos barracões. O que ocorreu foi uma fatalidade, como as escolas poderiam prever? No caso da Tijuca uma empresa contratada e um funcionário não colocou a trava. As escolas precisam também entender o nível de responsabilidade na condução de alegorias. É necessário ter pessoas com experiência para operar. Com relação à segurança do Setor 1 vamos ter que limitar as credenciais ali e talvez criar um corredor seguro para a imprensa”.

Qual lição que fica de toda essa crise envolvendo o carnaval e a prefeitura?

“Me sinto um pouco desgastado. Não precisa disso e poderia ter sido feito de uma forma menos traumática, seja para o prefeito quanto para o carnaval. Precisamos uns dos outros. Sozinho não fazemos carnaval e o poder público também necessita para captação. Aconteceu, mas não faremos um cavalo de batalha. Não entendi a ausência da Riotur no sorteio. Isso é um sinal de que precisamos dialogar mais e melhor. A Liga está disposta a ouvir críticas e a melhorar, sem de maneira nenhuma acusar este ou aquele”.

Além do ISS, o que mais poderia ser pensado como incentivo para o carnaval?

“Isso demanda um tempo maior para ser pensado. Não do ponto de vista da prefeitura, mas do governo federal ou estadual. Planejar um modelo que não deixa a prefeitura sobrecarregada. Outras esferas de governo também lucram bastante com os desfiles das escolas de samba”.

A questão da taxa do turismo revertida para o carnaval nos mês de janeiro e fevereiro pode ser viável e acredita que um dia será colocada em prática?

arte_sorteio
“Não vejo como o melhor caminho. Já fui informado que a taxa é facultativa. Se fosse obrigatória deveria ir para o caixa da prefeitura como um todo. Temos que repensar neste momento”.
 
Muita gente bate na tecla da falta de liderança política do carnaval na câmara municipal, estadual e até em Brasília. Como mudar esse panorama?

“Para ser sincero quando precisei dos vereadores como foi agora eles abriram as portas para o carnaval e só tenho a agradecer. A Liga é suprapartidária. O diálogo é sempre positivo”.

O presidente Jorge Castanheira trabalha muito e agora que vai ser papai sabe que terá que delegar mais. É seu último mandato na Liga? Quais seriam as pessoas que você indicaria para o posto?

“Ser pai é uma bênção pelo que me dizem. Eu não queria ser precipitado em dar nenhum tipo de veredito. Há dois anos atrás talvez não devesse recorrer. Mas olha a importância dessa união entre os diretores agora? Tenho que ter prudência nessa hora, minha vida vai mudar e buscarei me adaptar. Não tenho essa pretensão de indicar alguém. Prefiro aguardar para responder concretamente essa pergunta. A eleição na Liga é em maio de 2018”.

Qual o balanço do resultado do sorteio?

“Me senti muito feliz por ter corrido tudo bem por ser uma situação nova. Todos foram parceiros e entenderam. Sambistas importantes presentes. Esse respeito é que faz o carnaval dar certo. Ainda não consegui assimilar o equilíbrio de forças nos dois dias. Mas acho que já dá para projetar algumas situações. A Mocidade não quis trocar à toa, uma intenção de voltar a ser forte. Ser a última é um desafio grande”.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

VEJA AQUI a Ordem de Desfiles do Carnaval 2018 de Uruguaiana

Foi oficializada pela produtora do Carnaval 2018 de Uruguaiana, Bah Entretenimento, a Ordem de Desfiles para o próximo ano.
 
Diferentemente dos anos anteriores, buscando uma melhor formatação para que a organização e, principalmente o horário seja cumprido em respeito ao público, as escolas de samba que compõem o 2º Grupo, que abriam as noites, serão as últimas a entrar na avenida. A discutível qualidade visual e os atrasos dos desfiles, apontadas como os grandes problemas destas agremiações, foi punida e empurrada para o final da noite.
 
Basicamente, os desfiles na Quinta-feira (1º/03) e Sexta-feira (02/03) serão abertos pelas escolas do Grupo de Acesso, seguidos do Grupo Especial, culminando com o 2º Grupo, a partir das 22h30min. No Sábado (03/03) somente as escolas do Grupo Especial voltam à avenida, a partir das 22 horas.
 
Confira como ficaram as noites:
 
QUINTA-FEIRA - 1º de Março de 2018
22:30 - Império Serrano (Acesso)
23:45 - Apoteose do Samba (Grupo Especial)
01:10 - Ilha do Marduque (Grupo Especial)
02:35 - Cova da Onça (Grupo Especial)
04:00 - Aliança do Samba (2º Grupo)
 
SEXTA-FEIRA - 02 de Março de 2018
22:30 - Deu Chucha na Zebra (Acesso)
23:45 - Imperadores do Sol (Grupo Especial)
01:10 - Os Rouxinóis (Grupo Especial)
02:35 - Bambas da Alegria (Grupo Especial)
04:00 - Acadêmicos de São Miguel (2º Grupo)
 
SÁBADO - 03 de Março de 2018 - GRUPO ESPECIAL
22:00 - Apoteose do Samba
23:35 - Imperadores do Sol
00:50 - Ilha do Marduque
02:15 - Bambas da Alegria
03:40 - Cova da Onça
05:05 - Os Rouxinóis
 
FONTE: SAMBASUL
Continue Lendo...

domingo, 16 de julho de 2017

Diretor ‘Abençoado’ da Beija-Flor Promete um dos Melhores Carnavais Mostrados na Avenida

Por Eduardo Fonseca e Philipe Rabelo. Fotos: Magaiver Fernandes

https://i2.wp.com/www.carnavalesco.com.br/wp-content/uploads/2017/07/sorteio_especial2018_35.jpg
Com a mão abençoada o diretor financeiro da Beija-Flor de Nilópolis, Almir Reis, foi sortear o dia e a ordem de desfile da escola e garantiu o momento mais espetacular do sorteio da ordem dos desfiles do Grupo Especial para o Carnaval 2018. Os mangueirenses vibraram quando o presidente Chiquinho tirou a bolinha de número 9, mas mal podiam esperar. Representando a diretoria da Beija-Flor, Almir caprichou e tirou o número 10. Beija-Flor de volta ao dia onde venceu seus últimos sete campeonatos.

A boa sorte de Almir não parou por aí. O dirigente sorteou a azul e branco para fechar o carnaval na segunda etapa e a Mangueira caiu como a sexta de domingo. Em entrevista ao Site CARNAVALESCO, Almir ressaltou que o amor comandou a Beija-Flor na hora do sorteio.

https://i0.wp.com/www.carnavalesco.com.br/wp-content/uploads/2017/07/sorteio_especial2018_36.jpg– Foi inusitado, mas tem alguma coisa ali. Aquilo ali foi amor é o que nós temos a oferecer. Dentro do samba estamos passando por um momento muito difícil, mas o amor fala mais alto. Esta aí o resultado – disse.

Almir deixou um recado que enche os torcedores nilopolitanos de esperança.

– Nação nilopolitana, aguardem que vocês vão ver um dos melhores carnavais já mostados na Avenida, no maior espetáculo da terra, com muito amor vocês vão ver – prometeu.

De volta ao Grupo Especial e a comissão de carnaval da Beija-Flor, o carnavalesco Cid Carvalho adorou a opção de fechar os desfiles de 2018.

– A Beija-Flor é escola de fechar carnaval. Para o enredo da Beija-Flor (será anunciado dia 30 de julho) a posição de desfile é perfeita – revelou Cid.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

Representantes do Som dos Ensaios Técnicos e dos Desfiles Oficiais dizem que Mudanças Dependem de Parcerias e Envolvem Custos

portodapedra_desfile_2017_037O Site CARNAVALESCO ouviu os representantes da Rick Sound e Gabisom sobre a proposta da Prefeitura do Rio de trocar o som da avenida. Ambos falaram que é possível ter o sistema de som em toda a avenida durante o ensaio técnico e melhorar o que é apresentado nos dias de desfile. Contudo, eles dizem que será preciso parcerias, pois demanda custos. Segundo o representante da Gabisom, o sistema da Avenida já é digital há pelo menos 8 anos. Rick Sound alerta para possibilidade de falhas na caso sejam usados microfones sem fio.

Ricardo Melo, da Rick Sound, informa que a empresa é responsável pelo som dos ensaios técnicos. Caso seja mudado o sistema de som, haverá uma economia em relação a logística e transporte de equipamentos.

– Você economiza equipamento e logística. Já em relação a infraestrutura não mudará nada. Quem faz o som da Avenida é a Gabisom. Melhor que ela não existe. Não há problemas com o que é apresentado hoje. Para que o som do ensaio técnico seja transmitido para toda a avenida será preciso criar parcerias. A troca de som da avenida está passível a falhas. Na era digital tudo é sem fio. Tudo é antena. E o que leva antena é passível de falha. Num cenário de chuva como em 2015 na primeira noite de desfiles poderíamos ter problemas no som. você já viu o rei Roberto Carlos usar microfone sem fio? Ele não arrisca. É melhor ter o cabo lá. É mais firme – afirma o representante da Rick Sound.

Representante da Gabisom, empresa que é a responsável pelo sistema de som da avenida nos dias de desfile, Luciano Costa diz que não faz sentido a proposta da troca do sistema de som.

porto-da-pedra_ensaiotecnico_2017_64
– O som da avenida é digital há pelo menos 8 anos. A avenida tem um problema de posição. Não temos como trabalhar com uma ideia de som amplificado. Colocar um sistema de transmissão de som sem fio é preciso usar melhor a tecnologia de ponta. É possível ter som em toda Avenida nos ensaios técnicos, mas também demandará custos.

E relação ao cabos espalhados pela pista nos desfiles oficiais, o representante da Gabisom diz que a questão já poderia ter sido sanada.

– Seria possível colocar um gerador no próprio carro de som e assim retirar os cabos da avenida. Já poderia ter sanado. Como o gerador no próprio caminhão poderíamos ter o som na avenida até durante os ensaio técnicos. Mas, envolve também mais custo – explica.

FONTE: CARNAVALESCO
Continue Lendo...

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Tem Carnavália Sambacom


https://4.bp.blogspot.com/-0E08poUhPP0/WWXRoS2FpdI/AAAAAAAAeuo/jMUpcPqZjJIyKzLPEoXvo8inPJu9xSOBgCLcBGAs/s1600/carnavaliamouse02.jpg

Por Redação S1

A partir de amanhã (13) a capital do samba, recebe um dos maiores eventos que abrange a temática carnaval no nosso país – o CARNAVÁLIA SAMBACOM 2017, maior feira de negócios do carnaval.

O evento realizado no Centro de Convenções Sulamérica, é inédito num setor do mercado que tem crescente visibilidade e valorização a festa do povo. Ele reúne, em seus 1550 m² de estande, diversos prestadores de serviços, fornecedores e artistas voltados ao planejamento  e venda, além das novidades nos mais diversificados produtos de uso comum a nobre arte.

O projeto, que a cada ano reúne uma gama maior de participantes, oferece aos visitantes, além de um ambiente extremamente confortável e aconchegante, mesas de debate sobre os mais variados temas, com a presença de ilustres ícones do nosso samba e carnaval.

Este ano o evento traz uma grande novidade, no final da feira a LIESA estará realizando o sorteio da ordem de desfiles do Grupo Especial carioca. Outro ponto chave é a apresentação que encerra a atividade – um show que carrega o título “Garantido e Caprichoso – Os Bois de Parintins encontram a Portela”,e  nós não perderemos isso...

PROGRAMAÇÃO CARNAVÁLIA SAMBACOM 2017
13/07/2017 – Quinta-feira
18:00 – MESA DE ABERTURA
19:00 – Visita das autoridades à Feira
20:00 – Show de abertura:  Marcelle Motta e Grupo Café com Fumaça
Participações Especiais: Toninho Geraes, Andréia Caffé, Lucas de Moraes, Chacal do Sax, Luis Camilo e Leonardo Bessa.

14/07/2017 – Sexta-feira
14:00 – ABERTURA DA FEIRA
14:00 / 15:30 :  Painel Acadêmico – Criação e Apresentação: Milton Cunha – mediadora: Samile Cunha
Academias do Saber
com: Leandro Vieira, Fred Góes, Felipe Ferreira, Madson Oliveira, Jorge Silveira e Helenise Guimarães

15:30 / 17:30 – Painel Profissional – “A Indústria da economia solidária e criativa do carnaval e suas oportunidades de trabalho”.
Tania Melo – Coordenadora de Economia Solidária da Secretaria de Estado de Trabalho e Renda
Francisco Marins – Coordenador de Projetos do Sebrae RJ / ex-presidente da Unidos do Porto da Pedra
Fábio Rosas  –  artesão MEI
Mediadora – Celia Domingues : Amebras

17:30/19:30 – Mesa 1 :    O Carnaval e a Crise – o cenário nacional
Vamos reunir as principais lideranças de Ligas e Associações presentes ao evento para um debate sobre o impacto da crise econômica no carnaval de cada cidade. Poder Público e iniciativa privada.   O papel de cada um. Uma reflexão para o futuro.

Participantes:
Jorge Castanheira – Presidente da Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro – (Liesa)
Paulo Sérgio Ferreira – Presidente da Liga das Escolas de Samba de  São Paulo.
Kaxitu Ricardo Campos – UESP – União das Escolas de Samba Paulistanas.
Fabio Botelho -Presidente da Liga Das Escolas de Samba de Florianópolis – (Liesf)
José Alves Peixoto Junior – Secretário Estadual de Turismo da  Bahia
Rogério Sarmento  – Presidente da Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial de Vitória (Liesge-ES)
Bi Garcia – Prefeito de Parintins
Juarez Guterrez – Presidente da Liga das Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa- POA)
Moacyr  Oliveira – União das Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Brasília
Mediador: Leonardo Bruno – Jornalista – Jornal Extra

19:30 /20:00 – Desfile Moda Carnaval / Amebras
20:00 / 20:30 – Desfile Ilê Aiyê  (Bahia) , termina no placo
20:30/22:00 – Show:  Ilê Aiyê encontra a Mocidade Independente de Padre Miguel

15/07/2017 – Sábado
14:00h – ABERTURA DA FEIRA
14:00 / 15:30 Painel Acadêmico – Criação e Apresentação: Milton Cunha – mediadora: Samile Cunha
Duplas Dinâmicas do Samba
com: Flavia Oliveira e Aydano André Mota; Mauro Quintaes e Gustavo Melo; Daniel Targueta e João Vitor Araújo

15:30 / 17:30 : Painel Profissional: Leis de Incentivo
Especialistas nas Leis de Incentivo (Rouanet, ICMs e ISS) explicam como usufruir dos incentivos de renúncia fiscal. Como enquadrar, como captar e prestar contas. As dicas dos profissionais.

1)  Ronaldo Gomes – Coordenador do Pronac da Funarte – Ministério da Cultura
2) Carla Petri – Superintendente da Lei de Incentivo à Cultura  da Secretaria Estadual de Cultura.
3)  Eduardo Nascimento –  Secretaria Municipal de Cultura do RJ (ISS)
4 Fabio Cesnik – Advogado especialista em negócios de Tecnologia, Mídia, Entretenimento e Investimentos do Terceiro Setor (Escritório CesnikQuintino&Salinas)
Mediador : Gustavo Mostof

17:30/19:30 – MESA 2 : “O Carnaval e a Crise  – o cenário do Rio de Janeiro
Vamos realizar um debate sobre o impacto da crise econômica no carnaval do Rio de Janeiro. Poder Público e iniciativa privada.   O papel de cada um. Uma reflexão para o futuro.

Debatedores:
1) Jorge Castanheira – Presidente da Liesa RJ
2) Déo Pessoa  – Presidente da Lierj – Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro.
3)  Mario Filippo – Vice-Presidente da Riotur
4) Cristina Fritsch – Presidente da ABAV-Rio – Associação Brasileira de Agências de Viagem do Rio de Janeiro.
5) Laura Carneiro – Deputada Federal (RJ)

Mediador: Sidney Rezende – jornalista – Site SRZD

19:30 / 20:00 – Apresentação AESM RIO– Escolas de Samba Mirins
20:00 / 21:30 – Liesa – Sorteio da ordem dos desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial
21:30/22:30 – Show de Encerramento: Garantido e Caprichoso – Os Bois de Parintins encontram a Portela


FONTE: SETOR 1
Continue Lendo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...